O TEMPO DE TODAS AS COISAS – REFLEXÃO

O TEMPO DE TODAS AS COISAS
O tempo voa, dizem alguns, outros, é curto demais! São muitas as definições para o tempo, mas na verdade o tempo não muda, as pessoas é que mudam as prioridades. Há cinco ou dez anos passados, minhas prioridades eram outras, coisas novas aconteceram, surgiram programações, a mídia apresentou novidades, o Whatsap não para! E nesse mesmo tempo, eu preciso definir o que é importante, prioritário, necessário… Prioridades são escolhas pessoais, e as conquistas de cada um estão associadas ao que cada um define como prioridade.
O que é importante? Ir ao aniversário de um amigo, estudar para um teste, prestar assistência a uma pessoa que está em situação de risco, arrumar a casa, ler, escrever um projeto, sair para a balada, um tempo com a família, aprender novas habilidades, conhecer o que Deus tem para dizer… Enfim, são tantas coisas, de acordo com o projeto de vida de cada pessoa. Porém, existe uma prioridade que é desprezada, e sem esta, pessoa alguma alcança significado para viver. Este pode ser o motivo pelo qual tantas pessoas sofrem com depressão, envenenam-se com medicamentos que só servem como paliativos, é como dormir uma noite e acreditar que dormir acaba com os problemas…
Deus criou cada ser para um propósito, e basta analisar que ninguém é totalmente igual, nem os gêmeos! Leia o que está escrito em Salmos 139: 13-14 e pergunta pra Ele! Para quê Ele criaria uma obra tão perfeita, só para ser olhada, como uma estátua?
Conta-se que um farmacêutico que se dizia ateu, certa noite atendeu a uma menina que insistia em bater na sua porta, e sendo a única farmácia local, levantou-se e foi atendê-la. Como a criança estava trêmula, não entendeu bem a respeito do que dissera, entregou o medicamento e voltou a deitar-se ao lado da esposa. De repente, algo começou a incomodar o farmacêutico, e a esposa perguntou o que estava havendo, para ele ficar tão inquieto após ter atendido a porta. E ele despertou-se de súbito e disse: Acho que entreguei o medicamento errada àquela criança, se a mãe tomar esse remédio morrerá. E não podia fazer nada, a não ser clamar Deus, mesmo se dizendo ateu… Ajoelhou-se e disse fervorosamente: Se Tu existe mesmo, faz alguma coisa pra essa mulher não tomar o remédio que entreguei à menina. E de repente, murros na porta o fez ficar de pé, era a menina chorando, porque ia apressada, tropeçou e caiu e quebrou o frasco de remédio… Naquele instante o homem pediu perdão a Deus e agradeceu-lhe pela chance de poder provar que Ele existe, e age nas nossas vidas de forma que não compreendemos…
No Evangelho de João capítulo 8 verso 47, diz: “O que é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.” Forte, não! É exatamente assim, você só ouvirá a voz de Deus quando você não apenas citar o nome de Deus, mas quiser conhecer a vontade Dele, acreditar que Ele tem tudo que você precisa. E então é chegado o tempo de saber o que Ele tem a dizer sobre a sua vida. Pergunta pra Ele! E não tenha medo da resposta, porque tudo que Deus faz é bom, perfeito e agradável, e melhor e maior do que podemos imaginar.
O necessário é não fugir da responsabilidade, é parte do processo, ser humilde para se perdoar e perdoar os outros, é ser motivado para aprender e também ensinar, é deixar a procrastinação e se movimentar em direção ao que precisa ser feito, é aceitar o desafio de Deus para mudar a vida.

Talvez você curta